segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cinema - Thérèse: The Story of Saint Thérèse of Lisieux (2004)

Caros leitores, uma das expressões de arte que mais me fascinam são as películas. Nesta arte, como em todas as outras, há suas expressões que fogem ao belo e ao bom, tornando-se assim má arte, filmes vazios, ou apenas "fotografias de gente que falam" como dizia sabiamente Hitchcock; porém, também há suas expressões que convergem ao belo e ao bom, tornando-se dessa forma, um sadio divertimento para alma humana, e fruto de edificação para nossa vida.

Procurarei, de forma bastante humilde, como é o meu conhecimento neste âmbito, postar aqui no blogue algumas isoladas exposições do bom cinema, e quem sabe críticas, e textos sobre esta arte viva.

Gostaria de iniciar, indicando primeiramente um filme estado-unidense de 2004, chamado Thérèse, o qual marcou-me profundamente, por ser eu, devoto da Santa que inspirou esta película.

O filme retrata a vida da grande Santa Teresinha do Menino Jesus, a mais jovem Doutora da Igreja. Trata-se de um pequeno resumo dos principais fatos de sua vida, fatos estes tão belamente expostos em sua auto-biografia, publicada sob o título "A História de Uma Alma" aqui no Brasil.

A qualidade do roteiro é muito boa, prendendo-se à uma sequência bem estudada da vida desta Santa; a fotografia e a atuação também são de boa qualidade, tornando as cenas vivas e incentivando-nos a acompanhar o desenrolar da história. O que deixa um pouco a desejar, é a qualidade da aproximação histórica, onde retratando-se uma história ocorrida na sua maior parte na França do séc. XIX, os atores falam inglês americano, mas trata-se apenas de um detalhe, que encareceria muito a produção.

Para aqueles que se sentiram encorajados a ver este filme, postarei abaixo links para acessá-lo, e também para comprar o livro da auto-biografia que rendeu esta bela produção do Cinema.